Exposição Caderno de roupas, memórias e croquis || CCMQ

Olá pessoal, tudo certo com vocês?
Não sei se vocês sabem, mas está rolando em Porto Alegre, mais precisamente, na Casa de Cultura Mário Quintana, a exposição Caderno de roupas, memórias e croquis do estilista mineiro Ronaldo Fraga, a exposição começou dia 9 de novembro e vai até 11 de dezembro, e eu fui até Porto Alegre para conferir de pertinho o trabalho desse talentosíssimo profissional da área da moda que tanto admiro. Hoje eu vim compartilhar com vocês um pouco do que vi lá na exposição - para quem tem o livro do estilista, da pra dizer com toda certeza que se estava dentro do livro - fiz várias fotos para não esquecer de nenhum detalhe, vamos lá então.
A exposição estava divida em dos ambientes, e ambos com muitas informações, eu fui primeiro na parte que tinham as roupas nos manequins, haviam várias roupas em exposição, lindas, que estavam expostas em cima de uma reprodução do tapete de serragem usado na passarela da coleção A cobra ri - verão 2007.
É cada detalhe lindo e tão bem pensado, olha esse primeiro look tapado de pedrarias num bordado super delicado!
Escolhi alguns dos looks expostos para postar aqui, pois como são muitos, o post ficaria extenso demais, e temos outras coisas para ver também. Esse look da segunda foto foi o meu preferido da exposição! 
Ao redor dos looks havia uma linha do tempo com croquis em ordem cronológica de 42 coleções, inclusive da última. As fotos não ficaram muito boas devido a iluminação amarelada, mas dá pra ter uma noção da beleza.
Logo na entrada desse ambiente haviam várias malas de viagens/lugares usadas como vitrines com objetos pessoais do estilista, e ficou lindo a disposição dos objetos e combinações.
Aqui é a mala com os objetos da coleção verão 2002/03 Cordeiro de Deus.
Um domingo de visita ao presídio do estado; no pátio; religiosos tentam trazer para seus rebanhos as ovelhas desgarradas. Ícones e códigos do universo prisional, como tatuagens, grafites e escritas, ilustram a coleção inspirada na história fictícia de Jesus da Silva Santos.
Essa é a mala da coleção de inverno de 2013, As viagens de Gulliver.
Embora tenha se tornado um clássico da literatura infantojuvenil, As viagens de Gulliver não foi escrito para o público jovem. Na verdade, o inglês Jonathan Swift concebeu sua obra mais famosa como uma sátira e crítica ao império britânico. Ao publicá-la em 1726, causou escândalo por atacar valores e instituições da sua época. A razão e o delírio estão separados por milímetros. Portanto, o mesmo barco que vai a Lilliput poderá também chegar a Cubatão.

Malinha da coleção Costela de Adão, verão 2003/04.
Onde barro é cor, onde barro é forma, onde barro é ouro, onde barro é mágico, onde barro é tempo. 
Nesse ambiente havia também uma exposição em forma de azulejos com imagens do trabalho de Ronaldo Fraga, um painel com release de desfiles e projeções de vídeos de vários desfiles e coleções contando um pouco da história de cada um. Passando para o segundo ambiente, haviam duas árvores de memórias lindas com as páginas dos cadernos de croquis das coleções.
A minha parte preferida de toda a exposição com certeza é a parede com os retratos dos personagens ronaldianos.

Acho que com essa enxurrada de fotos, deu pra ter uma noção do quão linda está a exposição né? Isso que eu não mostrei muita coisa, apesar de ter tentado registrar tudo. O meu conselho é, se você tem a oportunidade de ir visitar a exposição, separa no mínimo uma hora do teu dia e vai porque está linda, para quem gosta de moda com história é um prato cheio!

A exposição ficará até dia 11 de dezembro, na sala Augusto Meyer e espaço Maurício Rosenblatt, no 3º andar da Casa de Cultura Mário Quintana, que fica na rua dos Andradas nº 736, no centro histórico de Porto Alegre. O lugar fica aberto de terça a domingo com horários bem flexíveis, a entrada é gratuita e qualquer dúvida entrem em contato através da fanpage que eles respondem super rápido. Aproveitem também para conhecer as outras exposições do lugar e a história do prédio que é um antigo hotel super lindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário