Visita técnica a indústria Sultextil

Oi gente, tudo bem com vocês?
Como está sendo esse final de ano? Corrido? O meu está bem agitado!
Hoje eu vim contar para vocês sobre uma visita técnica que fiz com a turma da faculdade há uma indústria têxtil da serra gaúcha, chamada Sultextil, de Caxias do Sul. Alguém aí já ouviu falar nela? Eu já havia visitado o lugar em 2010 com a turma do técnico em Vestuário. E agora no Design de Moda tive a oportunidade de voltar lá, e rever pessoalmente todo o processo de fiação, teares, criação de tecidos, tingimentos, acabamento, porém, sem poder fazer nenhum registro fotográfico no chão de fábrica mesmo, fiquei muito triste por isso, mas consegui algumas fotos de fora e de algumas amostras de tecidos que foram feitas para o ano que vem já. Aí está a foto oficial da visita técnica, fomos juntamente com algumas alunas do curso técnico em Vestuário e acompanhadas pelas coordenadoras dos dois cursos.
Fonte: IFSul - Cavg

Essa daqui é a faixada da parte administrativa da indústria, e também onde ficam concentradas as pesquisas de tendências e criações.
Chegamos na Sultextil por volta das 13 horas e as 13:30 tivemos uma breve introdução sobre como é o funcionamento do local e sobre os tecidos para o inverno 2016 e verão 2017!
A Sultextil é uma indústria têxtil que trabalha malharia circular para a produção de seus tecidos, que podem ser fabricados com fibras de algodão, viscose, poliéster, poliamida, linho, lã e acrílico. Uma produção de alta qualidade e com maquinários importados da Alemanha, a fábrica possui em torno de 79 teares, sendo a maioria específica de uma fibra, e alguns mais modernos que outros.
O plush que é um tecido muito fabricado por eles sempre, tem seu acabamento apenas quando passa pela navalha, que aí suas felpas são milimetricamente cortadas, dando identidade ao tecido.
A Sultextil atende a indústrias de confecção de todo o país, desde o sul até ao norte, e também para alguns países vizinhos. E os tecidos chegam no mundo todo já na peça pronta. E apesar do momento atual ser delicado,  eles continuam se preparando por que em algum momento a crise vai diminuir e eles precisam estar a todo vapor!
Aí vai algumas imagens de amostras de tecidos que foram fabricadas para o inverno 2016. A diversidade na cartela de cores da produção de tecidos deles é imensa.
Olha que bacana as texturas desses tecidos, bem diferentes, do tipo que a gente nunca encontra pra comprar nas lojas de tecidos aqui da cidade.
Eles possuem também um tipo de tear específico para a produção de matelassê, o processo é muito doido, como eu queria ter gravado o jeito que aquilo é produzido.
E é claro que teve selfie com as coleguinhas! Depois de várias tentativas, ficamos divas, quem disse que acordar as 4:00 da manhã, passar quase 9 horas dentro de um ônibus e chegar no local desejado as 13 horas com um sol de escaldar não nos deixaria mais bonitas né?
O clima aqui em Pelotas está tão instável, que até fiquei feliz de usar uma regata e ainda assim passar calor!
E finalizando sobre a viagem, ganhamos um kit na Sultextil bem bacana que depois vou postar no instagram e depois da visita técnica, fomos a uma palestra sobre tendências que também ganhamos um material bem legal da ABIT, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e da Confecção, que logo mais farei um post sobre! Então era isso pessoal, se tiverem alguma dúvida, só deixar nos comentários!
Para quem quiser saber mais sobre o lugar, clique aqui e conheça mais um pouquinho sobre a história deles.
Beijos

Um comentário: